SISTEMA PRISIONAL Preventivados da Cadeia Pública Masculina são atendidos pela Defensoria

Ação ocorre amanhã, nesta quinta-feira, dia 28, a partir das 9h

Os reeducandos preventivados da Cadeia Pública Masculina, localizada no bairro São Vicente receberão atendimentos da Defensoria Pública do Estado (DPE) a partir das 9h30,  desta quinta-feira, 28. Os atendimentos serão realizados pela defensora pública, Aline Dionísio, titular da DPE junto à Vara de Crimes de Tráfico de Entorpecentes, Organização Criminosa, entre outros crimes.

A ação pretende, inicialmente, atender 21 detentos que respondem processos perante a Vara de Crimes de Tráfico de Drogas, Decorrentes de Organização Criminosa, Crimes de Lavagem de Capitais e possíveis Habeas Corpus. Além de esclarecimento de dúvidas decorrentes ao processo.  

Após atender os presos previstos, a Defensoria irá analisar caso a caso para então serem tomadas as medidas cabíveis que o processo requer. “É essencial prestarmos um serviço de qualidade para os detentos, ouvindo cada um e buscando promover melhorias e soluções. Primando sempre pela correta aplicação da Lei”, destacou a defensora Aline.

A Defensoria promove atendimentos regulares no sistema prisional, inclusive com mutirões, pois é importante que todos sejam atendidos. Com uma sala na PAMC, onde são prestada assistência jurídica aos presos e familiares.

Depois do trabalho da intervenção federal no sistema prisional, a Defensoria tem conseguido fazer um trabalho regular dentro das unidades prisionais. A cadeia masculina da capital será a terceira que receberá os defensores públicos. A primeira e a segunda, foram a Penitenciária Agrícola e a Cadeia Feminina, respectivamente.

 

ASCOM

Top
×