QUERIDO PAPAI NOEL Defensoria adere novamente à campanha “Papai Noel do Correios”

É comum no final do ano as crianças escreverem cartinhas para o Papai Noel pedindo presentes na esperança de serem atendidas. São pedidos simples como carrinho, boneca, bola, material escolar. As opções são diversas.

Pelo 10° ano consecutivo, os defensores públicos e servidores da Defensoria Pública do Estado (DPE) têm a missão de adotar dessa vez - este ano - cerca de 140 cartinhas escritas pelos pequenos ao ‘‘bom velhinho’’.

A defensora pública–geral, Teresinha Muniz, relatou com entusiasmo a adesão da DPE à Campanha.  “Nossa missão quanto Defensoria vai além das nossas obrigações judiciais, temos também uma função social e mais um ano desempenharemos esse papel”, disse.

Pela segunda vez, a servidora Fernanda Rodrigues vai apadrinhar uma criança que pediu um boneco e um carrinho de controle remoto. O que a motiva é o espírito natalino. “Nessa época do ano as pessoas ficam mais solidárias, eu não sou diferente quero contribuir para o natal feliz de uma criança. E espero que a população tenha mais sensibilidade nesse final de ano com o próximo”, disse.

A Campanha segue até o dia 01 de dezembro para apadrinhar uma cartinha. A entrega dos presentes pelos padrinhos da DPE vai ocorrer no dia 05, na sala do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF).

Além dos órgãos públicos, a população também pode aderir a Campanha. Basta ir até os Correios escolher uma ou mais cartinhas. Após isso, levar o presente devidamente embalado aos Correios. A instituição levará até a criança.

Esta é a 29° edição da Campanha que tem como objetivo promover um natal melhor para as crianças e ao mesmo tempo estimular o desenvolvimento e as habilidades de escrever cartas.

PAPAI NOEL DOS CORREIOS- A Campanha vem desenvolvendo há bastante tempo esse trabalho de inclusão social em todo o país. O projeto representa o resultado da solidariedade brasileira. Desde de 2010, a campanha foi vinculada a um dos objetivos de Desenvolvimento do Milênio, estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), denominado “Educação Básica para todos” . Atualmente a campanha consiste em uma das maiores ações sociais natalinas do Brasil.

Top
×