PAZ NAS ESCOLAS Defensoria leva projeto Descomplica para alunos da Fagundes Varela

A meta é formar mediadores de conflitos e promotores da cultura de paz

Os alunos da escola Estadual Fagundes Varela, no bairro Nova cidade,  recebem a partir desta terça-feira (25), o projeto Descomplica: estimulando a mediação de conflitos na escola, desenvolvido pelo Centro de Atendimento Multidisciplinar (CAM) da Defensoria Pública do Estado (DPE).

Dentre os objetivos do projeto estão: Identificar possíveis conflitos presentes na rotina e cultura escolar, passíveis de intervenção com métodos de resolução de conflitos não adversárias, apresentar as técnicas de mediação, conciliação e arbitragem como métodos de resolução de conflito, estimular a qualidade das comunicações e promover atitudes de compreensão, tolerância e respeito no ambiente escolar.

Conforme a defensora pública Elceni Diogo, responsável pelo projeto, revelou que já foi feito um primeiro contato com os gestores, professores e assistentes de alunos da Escola. “Essa é a segunda escola a receber o projeto, e nós já fizemos um encontro com a comunidade escolar, e agora retornaremos para conversar com os alunos”, disse.

A defensora explicou que aplicar uma metodologia interativa é a maneira eficaz de conseguir atingir a sensibilidade dos alunos. “Tivemos uma boa receptividade e interação dos alunos na escola Buritis, e continuaremos a trabalhar de forma dinâmica e integradora, para disseminar a cultura de paz”, explicou Elceni.

Serão três dias de oficinas, e ao final os alunos receberão certificados de participação. Durante a aprendizagem, os alunos terão visualização de casos, atividade de produção artísticas para atribuir um feedback do que ficou entendido na cultura de paz e mediação de conflitos.

 

ASCOM SESAU

 

Top