SEMANA DA MULHER: Assistidos da DPE recebem palestras sobre violência contra mulher

Direitos das Mulheres será o assunto abordado na quarta-feira, 7

O estado de Roraima é considerado o mais letal para mulheres e meninas no Brasil, conforme o relatório da organização Human Rights Watch. A pesquisa mostra o crescimento das taxas de homicídios que chega a 139% entre 2010 e 2015 e atingindo 11,4 mortes para cada 100 mil mulheres em 2015. A média nacional é de 4,4 homicídios para cada 100 mil mulheres. A taxa é uma das mais elevadas do mundo, de acordo com a organização.

Com dados tão alarmantes debater sobre o assunto ainda é uma das maneiras mais eficazes de prevenção, além de disseminar a informação de como buscar ajuda. Pensando nisto, nesta terça-feira, dia 6, a Defensoria Pública do Estado (DPE) promoverá uma palestra, às 8h30, para os assistidos antes de iniciar os atendimentos do dia sobre a temática.

O evento faz parte do projeto ‘Diálogo na Sala de Espera’, desenvolvido pela DPE, e que tem uma parceria com o Chame. A palestra de amanhã ficará por conta da procuradora adjunta da Procuradoria Especial da Mulher, Sara Patrícia Farias.

Na ocasião, ela falará sobre as formas de violência: física, psicológica, sexual, patrimonial, entre outras; como identificar se está passando por situação de violência e onde procurar ajuda.

Ontem (05), a advogada do Chame, Fabiana Baraúna, esclareceu alguns pontos sobre o tema, e ao final da palestra ainda fez atendimento individual com as assistidas, para tirar dúvidas e prestar orientação.

A assistida Graciete Carvalho, conta que a palestra direciona as pessoas sobre como resolver e ajudar outras pessoas em casos semelhantes. “Quem está dento do problema às vezes não sabe como resolver, mas com essa palestra a gente já sabe como agir, e apesar de ter sido pouco o tempo, mas serviu para clarear a mente de muitas pessoas”, destacou.

SEMANA DA MULHER- Na semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a Defensoria preparou uma extensa programação voltada a elas, onde terá palestras sobre direitos da mulher, roda de conversa com a comunidade LGBT, presença de um cardiologista que falará sobre cuidados com a saúde, lançamentos de projetos e muito mais.

Top
×